A música é um assunto sério.

Quer você seja um dos aeroportos mais movimentados do Brasil, tenha uma rede de lojas de departamentos ou um banco: a música deve estar no seu radar e você pode utilizar-se dela para alavancar a sua empresa imediatamente. Aqui, veremos 5 formas de utilizar a sonorização para alavancar o seu negócio e encantar os seus consumidores de amanhã.

1. A música de um ambiente é um abraço de boas vindas para o cliente

Entrar em uma loja e ouvir uma boa música pode fazer toda a diferença para o consumidor na hora de concluir uma compra. A música tem uma ampla influência psicológica em restaurantes e lojas, e pode incentivar os clientes a passar mais tempo e investir mais dinheiro em seu negócio.

“O consumidor se sente mais atraído a comprar em uma loja com boas vibrações, o que pode ser feito também pelo sound branding”
Angelina Stockler, sócia-diretora da consultoria ba}STOCKLER.

A música pode influenciar as interações feitas no espaço de seu negócio e até melhorar as atitudes de seus clientes durante uma espera. Pesquisas apontam que 31% dos consumidores retornam a um estabelecimento por conta da música nele tocada.

31% dos consumidores apontam
a música como um dos fatores
que os fazem retornar a um
estabelecimento comercial

Por isso a sonorização é extremamente importante para o seu negócio e afeta as percepções que seus clientes obtém da sua personalidade de sua marca.

2. A sonorização combate a poluição sonora do seu PDV

A sonorização é uma ferramenta poderosa na hora de neutralizar a poluição sonora em seu ponto de venda, já que se você deixar de incluir um som atrativo em seu espaço físico, tudo o que seu cliente ouvirá serão as conversas entre os funcionários e os demais clientes e até barulhos de fora da loja — o que pode muito facilmente irritá-los e fazê-los desistir de comprar.

3. Conheça o seu consumidor, conquiste-o pelo ouvido

Para aprimorar a experiência de consumo de seu cliente através do marketing sensorial, conhecer os seus gostos é essencial! O gênero e ritmo de música tocada no seu PDV deve ser alinhado à proposta do seu negócio e ao estilo de público que você pretende alcançar.

Através de um cruzamento dos atributos da marca e das características do consumidor, é possível criar um ambiente receptivo, onde ao entrar na loja e ouvir o som, o cliente se conecte sensorialmente à marca e se identifique com ela.

A música é uma ferramenta poderosa quando se trata de construir uma memória de sua marca no imaginário de seu cliente.

Segundo um estudo realizado pela Heartbeats Internacional, 96% das marcas que passaram a se utilizar de música em seus espaços registraram um aumento de 14% em suas vendas! Lembre-se: o sucesso é feito de detalhes!

96% das marcas que passaram a se
utilizar da música em seus espaços
registraram um aumento de 14% em suas vendas

4. O volume da música tocada pode incentivar o consumo

Além do gênero e do ritmo, o volume em qual as músicas são tocadas em seu PDV também é um ponto vital a se pensar, pois afeta diretamente o processo de consumo de seus clientes e diz muito sobre a personalidade de sua marca.

A música mais baixa no horário de almoço, por exemplo, pode representar, para os seus consumidores, um refúgio dos barulhos e ruídos presentes no ambiente externo.

Já quando tocadas num volume mais alto, as faixas aceleram o batimento cardíaco e cria-se um ambiente eufórico que incentiva decisões rápidas e maior consumo… mas tome cuidado e atente-se às pessoas que frequentam o seu espaço, pois o volume tem de estar de acordo com o perfil do estabelecimento, estilo, idade, sexo e gostos do seu público-alvo.

5. A música aumenta a produtividade de seus funcionários e cria um ambiente de maior disposição

Pesquisas apontam que 8 em cada 10 pessoas escutam música diariamente em seus ambientes de trabalho. 66% dos entrevistados, que trabalham em ambientes musicalizados, acreditam que a música os afeta de forma positiva ou muito positiva. 56% de todos os entrevistados afirmam que a música torna o ambiente de trabalho mais relaxado e produtivo.

Nos escritórios do Facebook, por exemplo, um DJ foi contratado para monitorar o desempenho, o estado de ânimo e a motivação dos funcionários, potencializados por uma trilha sonora.

Trabalhar com música aumenta a concentração e dá um boost energético nos funcionários e gerentes, aumentando assim a sua produtividade e o seu astral. Funcionários mais felizes levam a consumidores mais felizes.

Você tem uma loja, um bar, restaurante ou outro tipo de estabelecimento comercial? Aprenda mais sobre como a Superplayer & Co pode te ajudar a impulsionar a sua empresa!

Inscreva-se em nossa newsletter.